O Hospital Amazônia, referência em endoscopia em belem, dá a dica: intoxicação alimentar pode não ser algo tão simples quanto parece.

Algumas dicas importantes para você aproveitar a época mais quentes do ano sem ter que ir a um hospital belem.
23/07/2019
Hospitais em Belém e planos de saude belem alertam: o consumo excessivo de álcool pode causar infecções na sua boca e garganta.
29/07/2019

Você sai com os amigos para comer e no outro dia está se sentindo mal, com dores no estômago, náusea e à vezes até vômitos. É a conhecida e temida intoxicação alimentar, que parece dar as caras nos momentos mais indesejados. Muita gente pensa que intoxicação não é algo tão grave e escolhe ficar em casa tomando chás e receitas caseiras para aliviar os sintomas, mas esse é um erro. A situação não é tão simples e pode prejudicar muito sua saúde. Por isso, é importante ir a um hospital assim que os sintomas surgem. Quer entender por quê? Continue lendo. 

O que é intoxicação alimentar?

Sofremos de intoxicação alimentar quando ingerimos alimentos contaminados com microrganismos prejudiciais ao corpo, como bactérias, vírus e fungos. Isso é mais comum com alimentos, como mariscos, peixe ou carne crua, frango e ovos, no entanto qualquer prato pode causar o quadro. 

Quando a comida é deixada ao ar livre ou guardada por muito tempo em locais inadequados ela permite a proliferação de microrganismos. Em outros casos, pegar os alimentos com as mãos sujas causa a contaminação. 

Sintomas da intoxicação alimentar

Ao comer um alimento contaminado, a pessoa pode sofrer com uma variedade de sintomas. Eles podem ser brandos e passar em algumas horas ou poucos dias e o tratamento consiste somente em hidratar-se e repousar até que o corpo se recupere. No entanto, nem todos os quadros são leves e alguns podem causar complicações sérias. 

Algumas pessoas encontram-se nos grupos de risco e precisam ficar atentos a casos de intoxicação. Idosos, mulheres grávidas, bebês, crianças e pessoas com doenças crônicas podem sofrer com sintomas mais graves por causa do sistema imunológico fraco ou de mudanças hormonais. 

Quando procurar um médico?

Quando os sintomas da intoxicação alimentar são especialmente graves o paciente talvez precise ficar internado para tratamento. Se não receber atenção médica, o quadro pode evoluir e até culminar em óbito do paciente, especialmente no caso de idosos e crianças. Por isso, corra para a emergência de um hospital belem, como o Amazônia, ao perceber sintomas que incluam: 

  • Vômitos frequentes, que impedem a retenção de líquidos no estômago; 
  • Vômito com sangue; 
  • Diarreia grave, que dure mais de 3 dias; 
  • Cólica abdominal severa; 
  • Febre acima de 38º; 
  • Sangue nas fezes; 
  • Desidratação; 
  • Dificuldade para falar ou engolir; 
  • Visão dupla; 
  • Fraqueza muscular. 

Precisa de ajuda com condições gástricas, como a intoxicação alimentar? Pode contar com o Hospital Amazônia e seu atendimento de excelência em especialidades gástricas. Confira os planos de saude belem atendidos e receba auxílio dos melhores profissionais na área. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *