Médico cardiologista informa e dá dicas para controlar a hipertensão arterial
Médico cardiologista informa e dá dicas para controlar a hipertensão arterial.
03/06/2020
homem com varizes se consultando com médico angiologista
Angiologista: veja quando se deve procurar um
03/07/2020

Aprenda a diferenciar o que faz o médico urologista e o que faz o médico nefrologista.

Até onde boa parte das pessoas sabem que o médico urologista e nefrologista tratam problemas do aparelho urinário. Mas essa definição não deixa muito claro em quais ocasiões procurar cada especialista. E se o paciente tiver uma infecção urinária, por exemplo? Será que ele deve ir ao médico urologista ou procurar outra especialidade? Para resolver essa questão precisamos entender o que cada um desses profissionais estudou ao se especializar. 

A urologia é uma especialidade cirúrgica. Ou seja, quando um paciente precisa passar por cirurgia nos rins ou outras partes do aparelho urinário em hospitais do Pará é o urologista que deve realizá-la. Já a nefrologia é uma especialidade clínica. Médicos que atendem nessa área preparam-se para fornecer tratamentos para doenças e problemas do rim que não precisam de cirurgia. Ele realiza o acompanhamento especializado do paciente e todo o tratamento medicamentoso. 

Quer saber exatamente quais tipos de doenças, problemas e patologias esses especialistas tratam? É exatamente esse assunto que abordaremos a seguir!

Quando procurar um médico urologista?

O urologista é responsável por tratamento todo o trato urinário feminino e masculino, assim como o sistema reprodutor masculino. Entre os órgãos tratados estão: 

  • Rins;
  • Bexiga; 
  • Uretra; 
  • Testículos; 
  • Pênis; 
  • Próstata;
  • Glândulas adrenais; 
  • Epidídimo. 

Ele também é um especialista cirúrgico que realiza os tratamentos invasivos necessários em qualquer um desses órgãos. Portanto, deve-se ir ao urologista quando o paciente apresenta problemas urinários, como infecções, inflamações e também incontinência urinária.  

Outros sintomas que estejam relacionados ao sistema urinário também exigem a atenção de um urologista. Quem sente dor nos rins, dificuldade para urinar e ardência, por exemplo, deve procurar um médico urologista em um hospital em Belém. 

Além disso, é necessário consultar o médico da área ao identificar problemas do sistema reprodutor masculino. Entre os principais problemas que levam um paciente a procurar um urologista encontramos: dor durante as relações sexuais; ejaculação precoce; impotência e doenças sexualmente transmissíveis. 

Urologistas também atendem casos relacionados a câncer de próstata?

Todo homem a partir dos 50 anos precisa passar por consultas periódicas com um urologista para realizar exames preventivos contra o câncer de próstata. Caso exista histórico familiar da doença, o paciente deve procurar o profissional para iniciar a prevenção aos 45 anos. 

É esse especialista que deve indicar exames para se realizar rotineiramente, a fim de identificar qualquer tipo de alteração na próstata. Quem já apresenta sintomas também precisa passar por consultas com um médico urologista. É ele que realizará o tratamento medicamentoso ou cirúrgico da doença. 

Mulheres também devem passar por consultas no médico urologista?

Ao contrário do que muitos imaginam, o médico urologista não trata somente homens. Ele também é um especialista no sistema urinário feminino e trata todos os tipos de problemas relacionados a ele. 

Mulheres devem procurar o especialista para tratamento de problemas de rins, bexiga e uretra. As infecções urinárias, que são especialmente comuns no público feminino, são algumas das doenças tratadas pelo médico urologista. Procurá-lo rapidamente ao perceber sintomas desse tipo de problema, como ardência ao urinar, ajuda a realizar um diagnóstico rápido e tratamento mais eficiente. 

É bastante comum que elas só cheguem ao médico urologista depois de serem recomendadas por outros especialistas em um hospital saúde da mulher. No entanto, o ideal seria procurá-lo em primeiro lugar. Assim as pacientes poderiam evitar que a doença ou inflamação do trato urinário ficasse mais grave.

em que casos se deve procurar um urologista para tratar de doenças renais

Quando procurar um nefrologista?

O nefrologista é um especialista nos rins. Ele trata todos os problemas clínicos que possam atingir os órgãos e, caso a solução seja cirúrgica, encaminha o paciente ao urologista. Alguns sintomas que podem indicar problemas renais que precisam de atenção desse especialista incluem: 

  • Alterações urinárias; 
  • Urina escura ou com espuma; 
  • Edemas; 
  • Alterações na pressão arterial; 
  • Dificuldade, dor ou ardência ao urinar; 
  • Alterações intensas na cor da urina; 
  • Infecção urinária recorrente. 

O profissional é responsável por investir as causas dos sintomas e avaliar se o rim está comprometido. 

Tratamento e prevenção de cálculos renais

Um dos problemas mais comuns tratados pelo nefrologista são os cálculos, mais conhecidas como pedras nos rins. Pacientes com a condição costumam perceber a condição depois que precisar ir a hospitais do Pará por causa de cólicas renais. 

A dor é um dos principais sintomas dos cálculos, pequenas pedras que se formam no interior dos rins e que podem causar danos catastróficos. Dependendo da gravidade o tratamento pode ser clínico ou cirúrgico. No entanto, é preciso passar pelo diagnóstico de um nefrologista para saber exatamente qual é o problema e o que fazer. 

Esse médico também ajuda na prevenção de cálculos renais. Quem possui tendência a desenvolvê-los ou já os teve em algum momento da vida deve procurá-lo para realizar a prevenção. Além de fazer exames de rotina o médico recomendará uma série de mudanças de estilo de vida para evitar a ocorrência das pedras. 

Em quais casos o nefrologista e urologista trabalham juntos?

Muitos casos de problemas renais ou doenças do sistema urinário exigem a união desses dois especialistas para trazer bem-estar ao paciente. Em casos de cálculos renais, por exemplo, o nefrologista pode precisar do auxílio de um urologista se as pedras forem grandes demais para serem eliminadas pelo próprio organismo. 

Para evitar complicações e que o quadro se repita diversas vezes, o quadro precisa do acompanhamento tanto do médico urologista quanto do nefrologista. É esse último profissional que avalia a condição dos rins para identificar se existem outros problemas que causem o surgimento de cálculos renais. 

Esse e muitos outros casos podem exigir a união entre os especialistas. Ao procurar o diagnóstico de qualquer problema renal ou urinário com certeza o próprio profissional da saúde o ajudará a tomar a decisão de qual especialidade procurar. O que importa é ir a um excelente hospital em Belém, como o Hospital Amazônia, que possua uma boa equipe e equipamentos diagnósticos para ajudar a identificar o problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *